Poema 13

da vida,

cargo mor, te observa
não hesita nem releva
frente à sorte, tropeça.
vem a morte e leva
traz paz, leva luz
é cego que conduz
um perdido avestruz!
morte e pus, eu me pus
na janela à observar
frente à sorte, tropeça
despenca do nono andar.

Advertisements